Seguro desemprego: aprenda tudo sobre ele!


Conheça tudo sobre o seguro desemprego:como funciona, quem pode pedir e muito mais!

O Seguro desemprego é, sem dúvida uma das políticas sociais públicas para o trabalhador mais eficientes do Brasil, oferecendo uma renda auxiliar, de pelo menos um salário mínimo mensal, para que o trabalhador possa procurar um novo emprego e se reposicionar no mercado de trabalho com mais tranqüilidade.

Compreender todos os detalhes deste programa faz com que saibamos de forma mais eficiente como ele funciona e como ele pode nos ajudar, até para que não deixemos de lado direitos que temos por lei. Por isto mesmo vamos falar sobre diversos detalhes que mudaram com os anos sobre o seguro desemprego e passou despercebido pela maioria.

Quem pode receber seguro desemprego e quanto tempo recebe?

seguro desemprego

O seguro desemprego é para trabalhadores que foram dispensados sem justa causa, no caso do contrato de trabalho ter sido cancelado por decorrência de algum curso oferecido pelo empregador, para pescadores na época da reprodução de cardumes e para pessoas resgatadas de condição análoga a escravidão. Se você está em qualquer destas condições, você tem de entrar com seu pedido na superintendência regional de trabalho e emprego (SRTE), preenchendo a requisição do seguro desemprego, de acordo com a situação na qual você está pedindo.

O programa tem carência de 16 meses, o que significa que, depois de uma vez pedido, você só tem direito ao seguro desemprego novamente depois de 16 meses trabalhando novamente, e a quantidade de parcelas varia de acordo com a quantidade de tempo você manteve-se trabalhando antes da requisição atual do benefício:

  • De 6 a 11 meses: 3 parcelas
  • De 12 a 23 meses: 4 parcelas
  • De 24 a 36 meses: 5 parcelas.

Os pescadores recebem parcelas mensais até que a pesca em sua região volte a ser permitida, sendo que estas informações são todas registradas pelo IBAMA. O trabalhador resgatado e os trabalhadores domésticos recebem somente três parcelas.

Quais os prazos e valores de recebimento?

Os trabalhadores de cada uma das situações têm um prazo específico para requisitar o seguro desemprego, seguindo estas datas.

Trabalhador CLT: de 7 a 120 dias da demissão.

Bolsa qualificação: Qualquer momento durante a suspensão do contrato de trabalho

Empregado doméstico e trabalhador resgatado de situação de escravidão: até 90 dias depois do ocorrido

Pescador: Em até 120 dias do início da proibição.

Os valores de recebimento para trabalhadores formais variam entre R$724,00 e 1304,63, dependendo da faixa salarial do trabalhador, todos os outros recebem sempre o salário mínimo.

Os trabalhadores formais devem levar toda a documentação da demissão ao fazer a requisição e todos devem, no mínimo, levar cartão do PIS, carteira de trabalho e RG. Em caso de dúvida, entre em contato com seu SRTE para verificar qualquer dúvida adicional.

Continue conosco para saber muito mais sobre seus direitos como trabalhador e muito mais informações indispensáveis para uma recolocação no mercado. Já falamos aqui também sobre como trabalhar na globo, sugiro a leitura do artigo. Até mais!

Recomendados para você:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *