Bolsa do Prouni: aprenda aqui como funciona!


O Prouni (Programa Universidade para Todos) oferece bolsas de estudos em faculdades particulares de todo o Brasil, podendo custear de 50% a 100% das mensalidades dos cursos. As inscrições para concorrer a bolsas do Prouni acontecem pelo site oficial e são feitos dois processos seletivos durante o ano e cada um com duas chamadas. Além disso, os candidatos ainda podem participar da lista de espera por vagas remanescentes.

Inscrições Prouni 2016

A inscrição para o Prouni 2016 deve ser feita pelo portal do MEC, no link http://siteprouni.mec.gov.br/, com o número da inscrição e senha do Enem. Cada estudante pode concorrer a uma vaga em até dois cursos diferentes, em ordem de preferência, indicando o tipo de bolsa (integral ou parcial) e a modalidade de vagas em ampla concorrência ou em política de ações afirmativas.

bolsas do prouni

Durante o processo, o aluno pode optar por mudar as opções e adequá-las a nota que obteve no Enem. A classificação do aluno depende da nota de corte do curso, ou seja, a nota mínima para ser selecionado no curso escolhido.

 

Processo de seleção Prouni

O Prouni realiza dois processos seletivos durante o ano, no início de cada semestre e em cada processo são feitas duas chamadas. O programa ainda divulga o calendário para as vagas remanescentes que não foram ocupadas durante o processo normal de seleção. Existe ainda uma lista de espera para aqueles que não foram aprovados no processo de seleção das bolsas e os candidatos interessados em participar se inscrevem site.

Quem pode se inscrever no Prouni

O candidato precisa ter cursado o ensino médio na rede pública ou ter cursado o ensino médio em escola particular como bolsista integral. Além disso, a renda familiar deve ser de no mínimo um salário e meio e no máximo de três salários por pessoa e o candidato deve ter obtido no mínimo 450 pontos na prova objetiva e uma nota maior que zero na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

prouni

Também podem concorrer às bolsas de estudo professores da rede pública de ensino básico que estejam trabalhando e que desejam ter uma graduação em cursos de licenciatura. A classificação do aluno depende da nota de corte do curso, ou seja, a nota mínima para ser selecionado no curso escolhido.

 

Matrícula do Prouni

Caso consiga a bolsa, o candidato deve ir à instituição de ensino escolhida, onde apresentará os documentos comprobatórios das informações preenchidas no ato da inscrição no site do Prouni 2016. Entre eles estão: Carteira de Identidade, Comprovante de residência do estudante e das pessoas da família, Comprovante de separação, divórcio dos pais (caso essa seja a situação), Comprovante de rensa do estudante e dos membros da família (no caso os pais), comprovante de conclusão do ensino médio na rede pública ou com bolsa integral na rede privada.

Prouni junto com o Fies

 

O estudante que conseguir o Prouni, só poderá solicitar o Financiamento Estudantil (Fies) do Governo Federal se receber somente a bolsa parcial de 50% e ainda precisar de custeio da outra metade da mesalidade. Além disso, os candidatos com bolsa integral não poderão solicitar o Fies para um curso diferente em outra instituição de ensino superior.

O Fies custeia de 50% a 100% das mensalidades de estudantes de instituições privadas de ensino superior. Candidatos de cursos de formação de professores, da área de saúde e de engenharia têm prioridade na liberação do financiamento e na renovação do contrato.

Como se inscrever no Fies

Para se inscrever, basta realizar o cadastro no Sistema Fies no link http://sisfiesaluno.mec.gov.br. Primeiro, o estudante deve digitar os seus dados pessoais como o número do CPF, data de nascimento, endereço de e-mail e no final escolher uma senha pessoal para acesso ao sistema.

Após o cadastramento, o candidato deve realizar a sua inscrição e caso essa seja aceita, ele deve comprovar todas as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA, órgão validador que funciona na própria instituição de ensino superior, em que o estudante está matriculado, em até 10 dias corridos.

Recomendados para você:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *